Outdoor funciona sempre?

Continuando nossa série sobre mídia, vamos falar agora do outdoor, uma mídia que aparentemente vem perdendo forças no país, mas aqui na região ainda funciona muito bem…. mas em certos casos…. vamos lá.

Estamos em uma fase na mídia onde tudo está mudando, a propaganda convencional parece não funcionar mais, um pouco por causa da internet e das infinitas formas de fazer publicidade dentro dela e também pela mudança de habito das pessoas.

Porém o outdoor aqui na região parece que mantêm a sua força, já ouvi várias vezes que o Outdoor dá presença pra uma campanha e que faz ela entrar no cotidiano na pessoa…. bom isso tem um fundo de verdade pois o outdoor é uma forma de colocar propaganda no dia a dia das pessoas.

A teoria diz que a propaganda é um mix de mídias e para funcionar uma mídia tem que complementar as outras e o outdoor é uma forma offline de impactar as pessoas, também ela se insere no meio urbano, então você não precisa sentar na frente de uma TV ou algo assim para ser impactada por ela.

Outra coisa que é legal destacar que o Outdoor é em algumas cidades a única forma de fazer publicidade e por serem cidades pequenas de interior tem poucos pontos, ou seja, os pontos que existem ganham muito mais força.

O que eu levanto é que muitas vezes ela não é dirigida para as pessoas certas e a analise de público-alvo não é feita, é feita apenas uma analise de fluxo de pessoas ali…. um exemplo básico que eu dou é pessoal, quando eu andava de ônibus tinha uma visão do que é um bom ponto, que era os que me impactava…. a partir do momento que eu comecei a andar de carro mudei a minha concepção…. pode parecer pouco mas fazendo o plano de mídia isso significa algo e deve ser levado em consideração para fazer um plano de mídia.

Fazer um bom plano de mídia não é só preencher “x” na planilha e se debruçar em cima de mídias kits… tem muito de feeling ali e principalmente de conhecer o público-alvo, não só com dados mas conhecer os seus hábitos.

Bom é isso…. fiquem com esse pensamento… até mais.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *