//O Doutrinador: Você precisa assistir no cinema

O Doutrinador: Você precisa assistir no cinema

Gosto muito de filmes nacionais, vejo que mesmo com toda a limitação que temos, perto dos grandes estúdios, o cinema Brasileiro tem uma visão e uma linguagem única, que faz tudo isso virar especial. Essa semana assisti um painel na GeekCity sobre o filme “O Doutrinador” e senti que vem algo grande ai, para ficar para a história.

O Doutrinador é uma história em quadrinhos que fez muito sucesso nesse nicho, resumindo de uma maneira fria e bem rasa, é como se fosse o Justiceiro Brasileiro, só que ele tem um foco principal, que é o maior problema do nosso país, a corrupção. Vejo que os criadores foram exatos nisso, não tinha como pegar um tema melhor no nosso país, também não tinha como pegar uma época melhor para bater nesse tema, o filme estreia dia 18 de Outubro, entre o primeiro e o segundo turno das eleições.

Pelo trailler, podemos ver que vem algo diferente, com uma visão diferente e que isso será bem interessante de acompanhar, como disse, o cinema Brasileiro tem uma visão única e quando os caras acertam em um filme é pra valer. O grande problema do cinema nacional é que ele não rende, as pessoas tem um preconceito gigantesco com eles, somado a isso o fato de que o Brasileiro não tem a cultura de ir ao cinema.

Para exemplificar isso, o Brasil possui hoje um pouco mais de 2 mil salas de cinema…. o México tem mais de 6 mil…. nem vamos entrar no mérito de comparar com os EUA por que vai ser triste, mas o fato é que um filme nacional estreia em poucas salas de cinema. É bem provavel que esse filme nem chegue aqui em Ponta Grossa, imagine então em centros menores.

Somado a isso ao fato de que descobriram que o genero de comédia é o que mais funciona aqui para o nosso cinema, então vamos muita produção dessas aqui, por que elas conseguem se pagar.

Por tudo isso, é bem dificil de ver produtoras arriscando algo diferentes, o que acontece com o Doutrinador, então é muito importante que todo mundo que gosta de cinema e que quer ver mais produções assim, assista no cinema, se não chegar aqui precisamos pressionar os cinemas, ou mesmo assistir em outras cidades, mas é importante que esse filme renda e se pague para a gente ver mais coisas assim.

Que cada vez mais a gente veja essas iniciativas

Christopher Paes é publicitário por formação e também por opção, trabalhou muitos anos em departamentos de Marketing e agora está no “fantástico mundo das agências de publicidade”. Mídia sempre foi o seu principal talento, mas também trabalha com criação e social media.