Festival de Publicidade de Gramado 2017 – O que rolou

Na semana passada aconteceu o Festival internacional de Publicidade de Gramado, o maior evento de Publicidade do Brasil e um dos 4 maiores do mundo, é muito legal ter um evento desse tamanho aqui no sul do país e com a possibilidade da gente participar dele.

O tema do festival esse ano foi “nunca a diferença fez tanta diferença” e batia muito nisso, fazer diferente, ser diferente e buscar a diferença, tanto em campanhas como nas pessoas, foi um festival muito voltado para a representatividade e isso cutucou muita gente, nós publicitários somos orgulhosos de ser os mentes abertas mas a representatividade dentro do nosso mercado ainda é muito pequena, tanto em campanhas publicitárias como dentro das agências, onde temos muito poucos negros e mulheres em cargos de gestão.

Tudo isso parece ser um tema chato e não interessante “ah eu quero ouvir sobre técnicas” porém esse é o futuro da comunicação, se a gente não se atentar pra isso vai tomar porrada cada vez mais, não é mimimi e não é um assunto sem importância, as pessoas estão ligadas nisso e isso não vai mudar.

Uma das coisas mais legais do festival é a quantidade de grandes nomes da propaganda, não celebridades, nomes de profissionais que fazem aquelas propagandas que vemos todos os dias nos horários nobres e em noticias dos sites de propaganda, nomes que ganham leão de ouro em cannes. Eles usam um formato diferente de painel de debates e conseguem apresentar muito da sua experiência e de sua prática do mercado.

Algo que já vem forte em alguns festivais de cannes e aqui também é que contar histórias está cada vez mais forte, mas não daquela forma de automação e funil de vendas que vemos hoje em dia, contar a essência da empresa e da marca, ir lá no fundo e buscar o que é interessante para o público. Essa essência deve ser verdadeira e refletir dentro da empresa, mas esse é um dos caminhos que a comunicação está criando, sair um pouco da automação e dos robozinhos e transformar ela em algo mais humano.

Perguntas frequentes

Recebi 2 perguntas recorrentes sobre o festival e decidi criar um tópico especial sobre isso, vamos lá

O tema era apenas da boca pra fora?

Eles batiam muito no tema e penso que não era apenas para gerar likes, porém senti falta de representatividade dentro dos painéis, teve um painel apenas com mulheres, porém o restante dos painéis TODOS eram feitos apenas por homens…. temos tantas mulheres fodas na nossa publicidade, será que não tinha como colocar mulheres dentro dos painéis para falar sobre propaganda? a mesma coisa com negros…. fica ai um questionamento.

Vale a pena ir?

Valer a pena vale sim, é importante ter isso como experiencia e participar desse momento, o custo beneficio da viagem que eu não sei se vale tanto assim, a cidade é longe e bem cara, talvez ir pra um evento em São Paulo  seja mais fácil, barato e o conteúdo seja parecido…. mas se tiver a oportunidade de ir eu recomendo.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *