Criação: nunca vi, nem comi eu só ouço falar.

Já falamos sobre o profissional de Atendimento aqui, e agora é a vez do profissional de Criação. A criação publicitária é o processo de confecção de toda a campanha publicitária, com o intuito comercial para promoção ou venda de um produto ou serviço.

A criação publicitária depende basicamente de duas informações. A primeira é o conjunto de vivências e experiências pessoais do profissional que irá determinar a eficiência na resolução de um problema de comunicação e associação de ideias no processo de criação das peças. O segundo é o briefing (que vem do Atendimento), que nada mais é que o que, como, quando e onde o designer irá trabalhar.

O setor de criação dentro de uma agência dentro de uma agência de publicidade é a área onde são elaboradas as campanhas publicitárias. Esse processo envolve vários profissionais, como: Atendimento (elo entre agência e cliente), planejamento (trabalha em conjunto com atendimento e criação e será o próximo que vamos falar), redação (para desenvolvimento e revisão dos textos da campanha, segundo próximo tema que iremos falar) e vários meios de comunicação, como: televisão (comerciais), mídia impressa (revistas, jornais, entre outros), mídias externas (outdoors, busdoors, frontlights, backlights, etc), peças de marketing direto (folder, flyer, mala direta, folhetos), materiais promocionais (camisetas, bonés, canetas, blocos de anotação e outros brindes diversos) banners, cartazes e outros diversos meios que podem ser utilizados. O objetivo final de uma campanha publicitária é despertar no consumidor o desejo de compra e o fortalecimento de uma marca em relação aos seus concorrentes e público, ou seja, fidelizar o cliente.

Geralmente esse setor compreende uma dupla de criação, que nada mais é que um diretor de arte e um redator que trabalham juntos na criação e soluções de campanha de diversas peças. Também temos o diretor de criação, que é o responsável pela criação de todas as campanhas e profissionais do setor; o revisor que cuida da avaliação e liberação de toda a gramática do material; o arte-finalista responsável pela arte final no estúdio, onde as peças da campanha são finalizadas antes de enviar a gráfica ou produtoras de vídeo para produção do material final. Nessa equipe, também atua, ainda, o produtor gráfico que faz o intermédio entre: criação, mídia, atendimento e fornecedores (gráficas e produtoras), mas isso é tema para um terceiro vídeo.

Basicamente as peças gráficas possuem características diferentes, variando as técnicas de criação. O que mais conta nesse momento da criação é a capacidade de elaborar a peça que vai gerar a empatia e a ação de desejo e compra do consumidor. O designer tem o objetivo de comunicar o conceito, associado ao produto que está sendo divulgado, com a finalidade de vender esse produto ao seu público final.

 

The following two tabs change content below.
Assessoria Comunica Campos Gerais

Assessoria Comunica Campos Gerais

2 thoughts on “Criação: nunca vi, nem comi eu só ouço falar.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *